.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Não negue pros olhos
o que a mente demanda sedenta
Não precipite a sentença




É preciso lidar com as palavras
agourentas
que retiras de ti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário